Notícias

Como usar o Círculo de Ohno para identificar desperdícios na produção

A simplicidade está presente na maioria das técnicas e conceitos no Sistema Toyota de Produção e, com o Círculo de Ohno, não é diferente. Esse conceito consiste em um círculo desenhado no chão próximo ao processo a ser estudado e melhorado, onde o observador ficará por um período dentro do círculo entendendo o processo, os problemas, perguntando os “porquês” e, por fim, pensando em contramedidas.

Desafiamos você a praticar esse conceito! Reúna sua equipe e observem o processo produtivo por 15 minutos. Anotem tudo o que pode ser melhorado, e depois discutam sobre o que foi anotado. Provavelmente vocês terão uma lista de ações a serem colocadas em prática, a maioria do tipo “ver e agir”, fáceis de serem implantadas.

Após isso, pratiquem novamente, desta vez por um tempo maior. Perguntem 5 vezes os “porquês”. Entendam profundamente porque o processo produtivo funciona da maneira que vocês estão observando. Provavelmente, nesse momento, vocês começarão a se aproximar da causa raíz dos problemas do processo.

Em um terceiro momento, exercitem a tomada de contramedidas na causa raíz. Pensem em resolver o problema a partir da origem. Perguntem “como posso dispor a peça mais próxima do operador para evitar desperdício de movimentação?” ou “como posso acondicionar e transportar corretamente para evitar transbordo no processo?”. À medida que vocês praticam, essa ação torna-se mais sistêmica.

Seja qual for a etapa que você está atualmente no combate aos desperdícios, conte com o apoio da Logiform para soluções definitivas em produtividade e logística interna de sua empresa.